Mulher é atacada com facão e colocada viva em um saco

Uma briga por causa de drogas acabou com uma mulher, de 54 anos, esfaqueada e colocada viva dentro de um saco plástico, na madrugada desta quinta-feira, em Patos de Minas, no Alto Paranaíba. O casal de jovens, de 21 e 26, apontado pela Polícia Militar (PM) como responsável pelos golpes, confessou, segundo a corporação, ter estrangulado e atingido com o facão diversas vezes o rosto e o corpo da vítima, que está internada em estado gravíssimo.

Como consta no boletim de ocorrência, o irmão de um dos autores estava dormindo em casa quando escutou um carro em fuga na rua e uma respiração ofegante vinda de dentro do banheiro. Ao abrir a porta, encontrou uma mulher dentro de um saco de lixo, com diversas feridas no rosto e sangrando muito. Ele relatou também que uma hora antes, o irmão estava conversando e usando crack junto com outras duas mulheres e que a vítima era proprietária de um carro vermelho.

Depois de informados do modelo e cor do veículo, policiais militares saíram em busca do automóvel, que foi encontrado quando a dupla retornava à casa. Ao realizarem perícias no carro, a faca e o facão usados no crime foram encontrados.

Negócio Em confissão à PM, a jovem disse que o outro suspeito que a acompanhava sugeriu à vítima que eles vendessem o carro para comprar mais drogas. COm a recusa da proposta, o homem começou a esganar a mulher e quando ela já estava desacordada, deu facadas em seu rosto e corpo. Em seguida, ainda pegou um facão e deu um golpe na barriga da vítima. Em seguida, juntos, os agressores teriam colocado a vítima viva em um saco plástico. Ainda de acordo com o BO, a jovem disse que foi obrigada pelo outro autor a cometer o crime.

O rapaz negou a versão da companheira e afirmou à PM que ela teria colaborado em todos os atos, inclusive dado algumas facadas na vítima. Ele relatou ainda que saiu com o carro para tentar vendê-lo e como não conseguiu, voltou à casa para pegar o corpo da mulher e jogar no Rio Paranaíba. (Estado de Minas)

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui