Uma mulher foi encontrada morta em um ponto de ônibus que fica na Avenida Contorno, no Bairro Vila Tanque, em João Monlevade.

A Polícia Militar foi acionada por volta de 01h40 da madrugada e encontrou o corpo de Ilka Cristina de Souza, 34, caído sobre uma bancada do ponto de ônibus.

Segundo a polícia, ela estava com uma corda em volta do pescoço.

Uma testemunha que passava pelo local contou aos militares que deparou com a vítima pendurada, amarrada na estrutura metálica do telhado do ponto de ônibus e, ao perceber que ela ainda estava com vida, tentou ajudá-la retirando a corda e colocando-a deitada no banco, contudo, a vítima não resistiu.

O perito Célio Augusto de Lima, da Polícia Civil de João Monlevade esteve no local e após os trabalhos, liberou o corpo da vítima que foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), do Cemitério do Bairro Baú.

O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil.

Publicidade

1 COMENTÁRIO

  1. Ouvi dizer que ela estava comentando sobre preparativos para o dia do aniversario dela, que estava animada, mas o suposto suicidio foi justo na data do aniversario. Estranho alguem planejando o aniversario animada e suicidar. Bem que a policia podia dar uma verificada nisso ai, parece que foi homiciido disfarçado em suicidio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui