Uma mulher de 20 anos foi presa pela Polícia Militar de Nova Era, acusada de pegar o carro de um usuário de penhorar o carro de um usuário de drogas como pagamento de entorpecentes.

A ocorrência foi registrada na manhã desta sexta-feira, 8, na rua Nossa Senhora do Rosario, no bairro Centenário.

Segundo a PM, um homem de 25 anos, havia deixado um veículo Fiat/Palio como pagamento de drogas que teriam sido compradas no bairro de Lages, em Bela Vista de Minas.

Na residência do rapaz militares abordaram um táxi. Dentro do veículo estava um homem que contou que é morador do bairro de Lages é que estava ali para receber a importância de R$50,00.

Para a polícia o usuários de drogas teria dito que saiu de casa na noite de ontem com o veículo e, que teria comprado da mulher detida, no entanto não teria pago o valor no momento da compra e deixado o veículo penhorado.

A mulher presa por tráfico se apoderou da chave do carro e do documento (crlv), e condicionou a devolução do veículo ao pagamento, R$200,00 pela droga.

O rapaz alegou ter pego R$50,00 emprestado e usou para comprar mais drogas de outro traficante.

O usuário, segundo a polícia, no dia 25 de agosto teria penhorado o mesmo veículo na troca por drogas.

A mulher que foi presa por tráfico de drogas, possui passagens por roubo e há contra ela, diversas denúncias via 181, por envolvimento com o tráfico de drogas no bairro de Lages.

O carro da vítima foi encontrado pela polícia, estacionado a cerca de 10 metros da casa da mulher suspeita de tráfico.  Ela entregou aos militares a chave do veículo.

Foram apreendidas, pela polícia, 12 pedras de crack, doladas prontas para venda que estavam sobre um guarda roupas, um pequeno prato de vidro, uma colher e uma lâmina de aço, todos sujos com pó de crack. Foram encontrada ainda diversas sacolinhas de chup-chup, usadas na dolagem de drogas.

Todos os materiais apreendidos foram entregues na Delegacia de Polícia Civil, juntamente com a chave do veículo, que foi apreendido.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui