Mulher é vítima de tentativa de estupro na pista de caminhada em João Monlevade

Uma mulher foi vítima de tentativa de estupro por volta das 08h40 da manhã desta segunda-feira (21), quando seguia pela pista de caminhada no bairro Arei Preta, em João Monlevade.

Populares que passavam pelo local seguraram o autor de 24 anos até a chegada da polícia.
Segundo a mulher de 52 anos, seguia em direção ao Hospital Margarida e após passar em frente da Associação do Aposentados, no bairro Baú, foi empurrada em meio a um matagal por um homem depois dele ter jogado no rosto dela uma blusa. A vítima caiu no mato e o autor deitou sobre ela, ordenando que ficasse quieta e não olhasse para ele, pois algumas pessoas estariam se aproximando.

A mulher pediu ao autor para que não lhe fizesse nada, pois era casada. Neste momento a vítima começou a gritar por socorro e o autor a soltou. Neste momento militares da Polícia Meio Ambiente, que passavam pelo local percebeu a ação e deu voz de prisão ao suspeito. Durante a ação a mulher perdeu um relógio de pulso.

O autor alegou que estava correndo na pista de caminhada em direção ao bairro Areia Preta, e percebeu que a mulher caminhava sozinha à sua frente. Ele fingiu que havia tropeçado jogou a blusa sobre o rosto dela e a empurrou para o meio do mato, então a vítima começou a gritar. Disse ainda que a intenção dele, quando viu a vítima caminhando, era praticar sexo com ela, pois achou seu corpo atraente.

A mulher teve algumas escoriações pelo corpo em função da queda e recusou atendimento médico.

O homem recebeu voz de prisão em flagrante e foi levado para a Delegacia de Polícia Civil para prestar esclarecimentos ao delegado de plantão.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui