A história do meio campo Lipe Veloso, o mais novo contratado do Torpedo Zhodino, time da Bielorrússia, é um incentivo para os jovens que querem seguir a carreira profissional no futebol. Ele é exemplo de persistência e dedicação.

O jogador, que é de Ribeirão Preto (SP), está batendo um bolão e ficou popular  porque joga no único país europeu que ainda mantém seu campeonato em atividade durante a pandemia de coronavírus.

O Vysshaya Liga, conhecido no resto do mundo como Premier League da Bielorrússia, é transmitido para 10 países diferentes! Cerca de um bilhão de pessoas têm acesso às partidas. Com isso, a competição caiu no gosto dos amantes do futebol e o elenco do Torpedo Zhodino tem ganhado destaque no futebol internacional.

Assim que chegou à Bielorrússia, na pré-temporada do Premier League, Lipe Veloso destacou que ficou surpreso com a estrutura que encontrou no país, do Centro de Treinamento à qualidade do jogo e dos treinadores.

Mas antes de entrar em campo e mostrar o seu potencial, o meia precisou passar por uma quarentena, por conta da pandemia do coronavírus. O período é obrigatório no país para todos que vêm do exterior.

Ao site de aposta online Betway, Lipe definiu o isolamento como curioso e engraçado. Ele disse que estava ficando maluco com o isolamento e que foi uma experiência bem diferente de todas as que viveu. “O único momento de contato com alguém era com o médico do clube, que passava todos os dias para me examinar e levar comida. Foi uma experiência diferente de tudo que já vivi”, falou.  O período de isolamento do jogador durou 10 dias.  Ele ficou confinado dentro de um quarto de hotel.

O meia é um dos jogadores de maior destaque do Torpedo Zhodino. Ele chegou ao time após uma excelente temporada na Ucrânia (Leste Europeu) e agora comemora a projeção do Premier League da Bielorrússia em outros países. “Isso é muito bom. Nós, brasileiros que estamos fora do país, não somos conhecidos por muita gente. Isso nos dá uma projeção muito boa. Dá uma motivação de jogar melhor, estar mais concentrado e fazer um bom campeonato”, celebra.

Com mais visibilidade, os torcedores também ficaram mais curiosos para saber como é o futebol brasileiro. Conforme Lipe Veloso, o estilo europeu é diferente do Brasil. “Eu já estava acostumado pela experiência na Ucrânia e no Japão. Mas, é um futebol muito exigente de muita força e velocidade. O que eu mais notei foi a boa condição oferecida aqui na estrutura do clube, estádio e o gramado”, contou.

Agora, o meia vai com tudo para conquistar o campeonato. Com boas chances, o Torpedo Zhodino está entre os três primeiros colocados do Premier League  e pode ter, pela primeira vez, o título do campeonato da Bielorrússia.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui