Nova Estrada de Ferro Minas – Espírito Santo fica pronta no ano que vem

Na última sexta-feira (30), o Presidente da Petrocity Portos, José Roberto Barbosa da Silva, apresentou o projeto da nova estrada de Ferro Minas – Espírito Santo (EFMES), futura plataforma logística do sudeste, com extensão de aproximadamente 560 km. O projeto foi exposto em audiência pública na Câmara Municipal de Itabira.

Foi estabelecido pela Petrocity que os transportes de Estrada de Ferro Minas – Espírito Santo (EFMES) irão focar em contêineres, grãos, celulose, produtos siderúrgicos, algodão, carne, laticínios, veículos, rochas ornamentais e eucalipto, pois são produtos com grande capacidade produtiva e os transportes em sua maioria, estão sendo feitos através do meio rodoviário.

Publicidade

No decorrer da Audiência Pública, o Presidente da Petrocity Portos informou que o orçamento total do projeto é de R$ 6,5 bilhões e a previsão do início das obras é para o ano 2020.

De acordo com presidente da PetroCity, a execução das obras e o funcionamento do empreendimento deve gerar mais de quatro mil empregos, além de possibilitar o transbordo de cargas da cidade.

Também foi divulgado durante a apresentação, que Sete Lagoas (MG), Confins (Aeroporto – MG), Santa Maria de Itabira (MG), Governador Valadares (MG) e Barra de São Francisco (ES), são as cinco cidades que receberão as Unidades de Transbordo e Armazenamento de Carga (UTAC´s), também conhecida como porto seco.

Por fim, José Roberto concluiu, que o projeto é uma alternativa moderna e tecnológica que irá ajudar no desenvolvimento das cidades impactadas.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui