Nova etapa define moradores de apartamentos do Minha Casa Minha Vida

A partir do dia 15 de julho, Prefeitura de Itabira e Caixa Econômica Federal (CEF) sortearão as famílias que vão morar em cada um dos 400 apartamentos do Minha Casa Minha Vida construídos nos bairros Fênix, Abóboras e Barreiro. Essa etapa será feita no Ginásio Poliesportivo Maestro Silvério Faustino (Centro) em três dias seguidos – um para cada conjunto habitacional. O cronograma do evento será divulgado posteriormente.

Após os sorteios, as instituições definirão a data de entrega das chaves aos moradores, esperado entre 30 e 40 dias após essa fase. O trâmite obedece os ritos do programa federal, que faz uma análise criteriosa de cada sorteado e das construções. Segundo a Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), pelo menos 60 famílias pré-selecionadas foram desclassificadas por situações como renda superior à exigida (até R$ 1.800 por mês), ter um imóvel ou contratação paralela de financiamento habitacional.

“Entendemos a ansiedade dos selecionados e de suas famílias, mas os trâmites são extremamente criteriosos e precisos. Dentre em breve essa ansiedade chegará ao fim”, tranquiliza Maria Marli de Oliveira Martins Rosa, secretária de Assistência Social.

Na semana passada, Maria Marli, acompanhada do secretário de Governo, Ilton Magalhães, e do assessor de Comunicação, Ricardo Guerra, se reuniu com a gerência da CEF  em Itabira, ocasião em que discutiram, por videoconferência, o tema com representantes da regional do banco em Governador Valadares.

Os condomínios têm 128 unidades tanto no Fênix, quanto no Abóboras, e 144 no Barreiro, com apartamentos de 45 m² e dois quartos. A conquista foi anunciada por Ronaldo Magalhães em 2018, com um investimento de R$ 35 milhões.

 

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui