Missas serão limitadas a 10 pessoas

Todas as igrejas estão permitidas a abrirem as portas aos fiéis em João Monlevade. As lideranças religiosas devem organizar as celebrações com no máximo 30 fiéis.

Uma reunião com 25 pastores, um padre e representantes da prefeitura de João Monlevade ocorreu no final da tarde desta terça-feira (23) para acerto dos detalhes sobre a questão.

Em pronunciamento nesta manhã (23), a procuradora Jurídica da Prefeitura de João Monlevade, Racíbia de Moura, explicou sobre a abertura dos templos. Conforme a advogada, a limitação de 30 fiéis por culto, missa ou outra manifestação religiosa parte do Governo do Estado. “Seguimos protocolo estadual. João Monlevade, com senso de responsabilidade, segue o que é determinado na regra estadual”, pontuou.

Um novo decreto com a autorização da abertura das igrejas, deve ser publicado ainda nessa quarta-feira (24), pela prefeita de João Monlevade, Simone Moreira (PTB).

Racíbia Moura foi enfática ao afirmar que as celebrações religiosas devem seguir todos os protocolos de higienização para conter o avanço do coronavírus em João Monlevade. “A presença limitada de 30 fiéis não impede que as igrejas realizem vários eventos ao longo do dia. No entanto, é preciso manter os protocolos sanitários em todos eles”, falou Racíbia que completou: “sabemos da importância da congregação e da orações, mas não podemos deixar de lado os cuidados para evitar a disseminação do vírus. É preciso que os líderes religiosos conscientizem cada um sobre o dever de controlar doença”.

Ainda conforme a advogada, dos líderes religiosos presentes, dois pastores não concordaram com a limitação de fiéis. Ela não citou nomes e nem as congregações representadas por eles. Da igreja católica, o padre Marco José de Almeida, conforme a procuradora, ressaltou que as missas terão limite de 10 fiéis. O número mais reduzido faz parte de protocolo da Diocese de Itabira – Coronel Fabriciano. O documento católico prevê que a medida que a doença for controlada, será autorizado o aumento de fiéis nas missas.

As igrejas estão fechadas há cerca de 90 dias em João Monlevade.

Bares, restaurantes e academias

Ao contrários das igrejas, bares, restaurantes e academias seguem fechados em João Monlevade e ainda não há previsão de abertura dos segmentos.

Números

Até o final da tarde desta terça-feira (23), conforme a Secretaria de Saúde Municipal, 249 pessoas testaram positivo em João Monlevade para o coronavírus. Do total, 184 são considerados recuperados da doença. Há ainda outros 119 casos em monitoramento.

Confira o decreto na íntegra.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui