Previsão é de que, após o início, intervenções sejam concluídas em 120 dias (Hélio Borchardt / Seinfra)

Os recursos para a execução das obras de restauração do pavimento da pista de pouso e decolagem do Aeroporto de Ipatinga (SBIP) estão garantidos pelo governo federal.

O valor total do convênio é de R$13,2 milhões, sendo R$ 12 milhões oriundos de repasse da União, por meio da Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC), e R$ 1,2 milhão de contrapartida do Estado.

Os recursos seriam transferidos aos cofres do Governo de Minas antes das eleições municipais, mas seguindo parecer da Advocacia-Geral da União (AGU), o prazo foi postergado.

As obras devem se iniciar após o período chuvoso, no início de março de 2021, para que seja garantida maior eficiência na realização dos serviços. Caso contrário, o processo se tornaria oneroso, aumentando significativamente o custo e o prazo de execução das intervenções na pista.

Após o início, a previsão é que os serviços sejam concluídos em 120 dias.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui