Observação do eclipse em Catas Altas ganha destaque nacional

Quem esteve em Catas Altas no último dia 27 de julho pode acompanhar de perto o eclipse lunar mais longo do século 21. A observação foi feita nos telescópios que foram montados em frente à igreja de Santa Quitéria, durante a programação da nona edição do Eco Inverno.

O evento na cidade ganhou destaque nacional e foi, inclusive, transmitido ao vivo pelos principais telejornais da rede Globo, como Jornal Nacional, Bom Dia Minas e MG TV.

O eclipse lunar total foi o segundo e último de dois eclipses totais do ano. Ele ficou visível por quase duas horas na América do Sul (entre os locais: Catas Altas), Europa, África, Ásia e Austrália.

Na ocasião, o público presente ainda teve a oportunidade de presenciar outro fenômeno raro: a grande oposição de marte com a terra. Esta, inclusive, foi a melhor data para ver o planeta vermelho nos últimos 15 anos.

Os telescópios montados em Catas Altas são de propriedade do departamento de astrofísica da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Além do dia 27, a observação dos astros pôde ser feita em outros três dias durante a nona edição do Eco Inverno, realizado na cidade de 21 a 29 de julho.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui