Operação prende mais de 2.700 pessoas, 160 armas e 3 mil comprimidos de ecstasy

2.743 presos! Este é o balanço final da terceira operação nacional do Sistema Único de Segurança Pública, realizada nessa quarta-feira (26), em todo o país.

O número mostra que 164 adolescentes foram apreendidos por estarem envolvidos em crimes. A Operação Midas, como foi chamada, reuniu mais de 10 mil policiais civis, apreendeu 160 armas de fogo, 3 mil comprimidos de ecstasy e ainda recuperou 100 carros roubados.

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, avaliou como bem-sucedida a ação e destacou que esta fase focou no combate ao roubo e latrocínio. Ele adiantou que nesta sexta-feira (28) será realizada uma nova operação, em 10 estados, para o combate às drogas.

A primeira operação do Susp focou no combate a pedofilia e a segunda, no feminicídio. O ministro também comentou sobre a intervenção federal no Rio de Janeiro. Ele disse que a decisão de suspender a medida é do presidente Michel Temer e que deve ser tomada somente após as eleições.

Raul Jungmann apresentou o balanço final da Operação Midas em coletiva de imprensa, na tarde dessa quinta-feira, no Ministério da Justiça.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui