A Secretaria Nacional do Consumidor alerta população sobre cuidados nas compras digitais durante a Black Friday, marcada para manhã, 27 de novembro.

Para quem planeja adquirir produtos em promoção, a Secretaria preparou uma lista de dicas para alertar os consumidores em relação aos cuidados para se fazer um bom negócio. Dentre as orientações divulgadas por meio das redes sociais e da página do Ministério da Justiça e Segurança Pública, estão medidas simples como conhecer a reputação da loja, guardar os registros de compras e pesquisar se o site tem conexões seguras  para evitar que o consumidor caia em armadilhas.

De acordo com o Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor, as demandas em “relação à internet” registradas, de janeiro a outubro, nos órgãos de proteção e defesa do consumidor mais que dobraram quando comparadas ao mesmo período de 2019.

As principais solicitações estão relacionadas ao vestuário como calçados, roupas e acessórios. O principal problema relatado pelos consumidores é a não entrega ou a demora na entrega do produto.

A Secretaria Nacional do Consumidor chama atenção para a possibilidade do consumidor formalizar uma reclamação, sem sair de casa, por meio do portal consumidor.gov.br.  A plataforma do Governo Federal é gratuita e possibilita o contato direto com o fornecedor. A Senacon informa que 80% das demandas são resolvidas pelo portal com prazo médio de até sete dias de resposta das empresas participantes.

Fonte: EBC

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui