Paciente denuncia falta d´água no Hospital Margarida

Hospital Margarida, em João Monlevade. Foto: Arquivo/O Popular

No último final de semana quem precisou de atendimento médico no Hospital Margarida amargou com a falta de água na instituição de saúde de João Monlevade. Não havia água nem mesmo para beber no hospital, segundo relatos de um paciente que foi submetido a uma cirurgia. O homem, após a intervenção cirúrgica, ficou internado por dois dias num apartamento de convênio no Margarida.

Em relatos enviados para a redação do site O Popular, o paciente contou que precisou comprar água numa lanchonete próxima ao hospital. “Não tem água na descarga e nem para beber. Não tem água no posto, nos apartamentos e nem mesmo no CTI. Aonde chegou a situação do Margarida por não ter água. Culpa de quem? É preciso tomar uma atitude”, enfatizou o paciente.

Anúncios
Continue lendo após o anúncio

A reportagem do Popular esteve na noite do último domingo (6) no Hospital e em contato com alguns funcionários constatou a falta de água no Margarida. Trabalhadores da instituição chegaram a comentar que a situação tem sido recorrente. O fornecimento de água tem sido interrompido durante a noite e só normalizado na parte da manhã.

O provedor do Hospital Margarida, José Roberto Fernandes, foi procurado pela reportagem por meio da Assessoria de Comunicação da instituição para comentar o assunto. No entanto, até a postagem dessa reportagem, ele não se manifestou e alegou que os esclarecimentos seriam repassados por meio de uma entrevista na rádio Cultura.

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui