Uma menina de 2 anos foi estuprada, sofreu queimaduras e quebrou uma das pernas na noite de sexta-feira (30). A atrocidade aconteceu no bairro Nova Cintra, Região Oeste de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar (PM), o padrasto dela, que tem 20 anos, confessou o crime e foi preso.

O caso foi descoberto pouco antes das 19h, quando policiais averiguavam uma denúncia de disparo de arma de fogo em via pública. Durante o deslocamente, eles ouviram o choro insistente de uma criança, vindo de um barracão, e seguiram para o local.

Segundo a polícia, eles foram recebidos por uma testemunha, que relatou que o padrasto da criança pediu que ela ficasse no imóvel enquanto ele procurava socorro para a menina, que teria caído no banheiro.

Os policiais encontraram a criança chorando sobre uma cama. De acordo com a Polícia Militar, uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou ao local e, durante exames preliminares, além de constatar uma fratura no fêmur direito, viu que a menina apresentava lesões e sangramento nos órgãos genitais. Conforme a PM, a criança disse que foi ferida pelo padrasto. Quando o homem voltou ao imóvel, foi abordado pelos militares e levado até o quarto. A polícia informou que a criança apontou para ele e o isqueiro a gás que ele levava no pescoço. A vítima também tinha queimaduras pelo corpo.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, consta no boletim de ocorrência que o homem confessou ter estuprado a criança, e também disse que a perna dela teria quebrado durante o ato. Foi dada voz de prisão em flagrante ao padrasto, que foi levado para a Delegacia de Plantão do Barreiro.

A menina foi levada pelo Samu ao Hospital Odilon Behrens, onde ficou sob os cuidados da mãe, que estava trabalhando quando o crime ocorreu e foi avisada por populares.(EM)

Publicidade

2 COMENTÁRIOS

  1. Tomara que na cadeia os policiais joguem ele junto.com os outros ele sinta oque é ser estrupado e que apodressa la vagabundo e que morra la imagina oque essa inocente nao sentio na mão desse monstro covarde olha sem palavras para um ser desprezível desse muito revoltante

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui