Para decidir suspensão das investigações, STF pede a Moro informações sobre Lula

Estadão Conteúdo

O ex-presidente nega ser dono dos imóveis que o levaram a ser investigado na Lava Jato
Arquivo/Estadão Conteúdo

O ex-presidente nega ser dono dos imóveis que o levaram a ser investigado na Lava Jato


O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, pediu ao juiz Sérgio Moro informações sobre as investigações contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Operação Lava Jato. O parecer do magistrado deve ser analisado antes de o ministro decidir sobre o pedido do petista para suspender as investigações contra ele que estão na primeira instância.

Moro tem 48 horas, a partir da notificação, para enviar informações ao Supremo sobre os casos que envolvem o ex-presidente. A defesa de Lula afirma que o juiz federal usurpou a competência da Corte ao manter escutas do petista com a presidente afastada Dilma Rousseff e pede que a Corte reconheça a suspensão dos processos contra ele.

O pedido da defesa do ex-presidente Lula foi remetido ao presidente do Supremo Tribunal Federal ? Ricardo Lewandowski ? por causa do período de recesso do Judiciário, que vai até agosto. Apenas o ministro Ricardo Lewandowski responde pela Corte durante esse intervalo.

O ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo, enviou as investigações contra Lula para Moro no mês passado. Os questionamentos são sobre um sítio em Atibaia, no interior paulista, e um tríplex no Guarujá, no litoral do Estado de São Paulo ? que seriam do ex-presidente, Lula nega ser dono dos imóveis.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui