A equipe do Parque Estadual Mata do Limoeiro recebeu o VII Prêmio Hugo Werneck de Sustentabilidade & Amor à Natureza, na última terça-feira (29/11), em Belo Horizonte. Vencedora da categoria Melhor Exemplo em Educação Ambiental, a equipe foi representada pelo gerente do parque Alex L. Amaral Oliveira.

O prefeito Damon Lázaro de Sena e servidores da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) também participaram da cerimônia. Damon de Sena lembrou dos esforços do Governo Municipal para acabar com a ociosidade da estrutura onde funcionava a escola Ipocarmo. Alojamento, escola e clínica eram algumas das opções para utilização do prédio.

“Em 2013 iniciamos uma grande discussão sobre o destino daquela estrutura magnífica, encravada dentro da Mata do Limoeiro. Depois de analisar vários projetos, percebemos que o mais promissor e adequado para o local era o de cessão de uso ao IEF, que transformaria o prédio em sede do Parque estadual Mata do Limoeiro, ou seja, de uma Unidade de Conservação Ambiental”.

Hoje, a equipe do IEF atua fortemente em preservação e educação ambiental. Com uma área de 2.056,7084 hectares, o parque possui fragmentos de Mata Atlântica e Cerrado. Pelo menos três espécies ameaçadas de extinção já foram identificadas no parque: Jacarandá-caviúna, braúna-preta e samambaiuçu. Sobre a fauna, já foram observadas espécies raras como o rato do mato e o gambá-de-orelha-branca. Além disso, o parque possui diversos atrativos turísticos, entre eles, as cachoeiras Três Quedas, Paredão, Gabriel e Lagoa do Limoeiro. Grutas, corredeiras e mirantes também podem ser encontrados na unidade.

“Em parceria com o IEF, trabalhamos na produção de mudas de árvores nativas, formação de brigada contra incêndio, educação ambiental, cuidados com a região em torno do parque e outras ações. Surpresa boa foi ver que o projeto ultrapassou suas propostas como, por exemplo, a realização de atividades esportivas pelas trilhas do parque (corrida rústica e ciclismo) e seminários com a presença de pessoas de todo o Estado, o que impactou positivamente a economia do nosso querido distrito de Ipoema. Tudo isso foi reconhecido nessa conquista. Parabéns a todos os envolvidos, principalmente a equipe do parque. Esse é o caminho”, concluiu Damon Lázaro de Sena.

Sobre o prêmio

O prêmio Hugo Werneck de Sustentabilidade & Amor à Natureza foi criado em 2010, por meio de uma parceria entre a Federação das Indústrias do estado de Minas Gerais (Fiemg)/ SindiExtra e o Grupo Ecológico. Desde a implantação, o prêmio propõe reconhecer, divulgar e premiar os melhores exemplos de gestão, revitalização e preservação ambiental, bem como indicações de pessoas e instituições em todo o país.

Em sua sétima edição (2016), o prêmio tornou-se uma referência nacional e acumulou mais de 800 inscrições e indicações recebidas. Também participam do evento o Ministério de Meio Ambiente (MMA), a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (Semad) e seus órgão colegiados (IGAM, IEF e FEAM). O Prêmio Hugo Werneck conta ainda com a parceria da Fiemg e do Sistema Fecomércio MG, supervisão técnica da Fundação Dom Cabral e a legitimação e apoio do Centro Hugo Werneck de Proteção à Natureza, da Associação Mineira de Defesa do Ambiente (Amda) e da Fundação SOS Mata Atlântica. Este ano o tema foi “Mudanças Climáticas – Qual a sua contribuição?”.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui