O ministério do Meio Ambiente fechou nesta segunda- feira (6),  acordo com a empresa Vale no valor de R$ 250 milhões.

O recurso, pago a título de indenização pelos danos ambientais causados pelo rompimento de barragens em Brumadinho, será destinado para o fortalecimento da Agenda de Qualidade Ambiental Urbana e para a preservação de parques nacionais em Minas Gerais.

Sete parques nacionais no estado de Minas Gerais terão investimentos de até R$ 150 milhões em infraestrutura, trilhas, sinalizações, incentivo ao ecoturismo, além de planos de manejo e de combate a incêndios.

Os parques beneficiados são a Serra da Canastra, Caparaó, Serra do Cipó, Serra do Gandarela, Cavernas do Peruaçu, Grande Sertão Veredas e Sempre-Vivas.

Os outros R$ 100 milhões, que serão pagos pela mineradora, serão repassados para executar projetos ambientais que visem a melhoria da qualidade ambiental nas cidades de Minas Gerais.

O dinheiro será investido em saneamento, em áreas verdes urbanas e no programa Lixão Zero, que visa a destinação correta do lixo.

Fonte: EBC

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui