PC apreende documentos em investigação sobre desvio de verba pública

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu mandados de busca e apreensão, na última semana, em prédios da Secretaria Municipal de Saúde e no Hospital Municipal de Montalvânia, no Norte do estado.

A polícia investiga um possível desvio de verbas públicas para beneficiar uma associação privada que presta serviços de saúde na cidade.

O inquérito policial foi instaurado há três meses, quando a PCMG recebeu denúncias informando irregularidades na contratação de profissionais de saúde e na compra de medicamentos. Conforme investigação, o esquema funciona desde 2017 e, inclusive, recursos destinados ao enfrentamento da Covid 19 também podem ter sido superfaturados.

Os mandados foram expedidos pela Justiça após a PCMG verificar indícios de superfaturamento em procedimentos, bem como a ausência da prestação de serviços por profissionais de saúde.

De acordo com o delegado Flávio Cavalcante, as provas arrecadadas durante o cumprimento dos mandados vão colaborar para as investigações. “Vamos analisar os documentos apreendidos e demais materiais para apurar se houve fraude e desvio, isso é importante para concluir o inquérito policial. Se confirmado o crime, as pessoas e a administração vão responder pelos atos praticados”.

Os documentos apreendidos estão sob análise da Polícia Civil em Brasília de Minas.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui