Plenária Municipal do Parlamento Jovem Minas 2016 ocorre amanhã em João Monlevade

Jovens parlamentares votam nas propostas que defenderão na Plenária Regional, em Itabira/ Foto: Arquivo
Jovens parlamentares votam nas propostas que defenderão na Plenária Regional, em Itabira

 

Os jovens parlamentares de João Monlevade que participam do Parlamento Jovem Minas 2016 escolherão amanhã, 23, as propostas que querem defender no decorrer do projeto. Às 15h, no Plenário da Câmara de João Monlevade, ocorre a Plenária Municipal do projeto. Os estudantes irão priorizar as seis propostas que querem levar adiante, todas voltadas ao tema do projeto este ano, que é Mobilidade Urbana.

Anúncios
Continue lendo após o anúncio

Vereadores, secretários, diretores de escolas e parceiros foram convidados a assistirem a plenária, que é aberta à população. As propostas elaboradas pelos alunos são divididas em três subtemas: participação e controle social; trânsito e transporte e mobilidade urbana e infraestrutura. Duas propostas de cada subtema irão compor o documento de João Monlevade. São estas propostas que os jovens defenderão na Plenária Regional que ocorrerá em julho, em Itabira, da qual participam também jovens daquela cidade e de São Gonçalo do Rio Abaixo. Juntos, os três municípios formam o polo Médio Piracicaba. Itabira realiza sua plenária hoje, 22. Em São Gonçalo, a Plenária Municipal será também amanhã, no mesmo horário de João Monlevade.

Histórico

O Parlamento Jovem é desenvolvido pela Câmara de João Monlevade em parceria com a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) e a PUC Minas. O objetivo da iniciativa é fomentar a formação dos jovens, de forma a incentivá-los a participar ativamente da política, propor melhorias e exercer de fato a cidadania. Em maio deste ano, os presidentes das Câmaras de Monlevade, Itabira e São Gonçalo do Rio Abaixo, Djalma Bastos (PSD), Rodrigo Diguerê (PV) e Luciana Bicalho (PTB) respectivamente, se comprometeram a institucionalizar o projeto por meio de Resolução. O combinado já foi cumprido por Monlevade, onde os vereadores aprovaram por unanimidade. Em São Gonçalo o projeto também foi aprovado. Em Itabira, a previsão é de que ocorra o mesmo.

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui