A Polícia Militar de João Monlevade pôs fim a uma festa regada a drogas e músicas com conteúdo pornográfico na madrugada de domingo (7). O evento era realizada em uma casa na Rua Dimas Rodrigues de Lima, no Bairro Nova Monlevade.

Quando a polícia chegou ao local, um homem foi visto repassando drogas para outras pessoas. Ele portava uma arma de fogo e ao perceber a presença policial fugiu. Um menor, de 16 anos, fez ameaças contra os militares e recebeu voz de apreensão em flagrante. Durante abordagem o adolescente, que estava embriagado, agrediu os militares com chutes e socos. Um policial teve escoriações no braço e precisou ser medicado no pronto socorro do Hospital Margarida.

Enquanto as guarnições ainda estavam no local, várias pessoas que estavam na casa saíram até a rua e atentaram contra a integridade física dos militares, tendo sido necessário efetuar dois disparos de munição de borracha e usarem spray de pimenta para dispersar o grupo, que estava bastante exaltado.

Segundo a polícia, foi acionado o Sevor (Serviço voluntário de Resgate) para atendimento às vitimas no local, contudo os socorristas não compareceram e por isso, elas foram levadas ao hospital pelos militares e por populares.

Durante buscas na casa foi encontrada na cozinha uma sacola contendo 15 pedras de crack e duas buchas de maconha. Na porta de entrada da casa foram encontradas 03 munições calibre .380 e no corredor de acesso aos quartos várias sacolas usadas para embalar drogas.

Ainda de acordo com a polícia um dos abordados, de 40 anos, possuía um mandado de prisão em aberto. Ele foi preso.

Outro detido, de 34 anos, foi preso por porte ilegal de arma de fogo. Segundo a PM, horas antes ele teria efetuado disparos de arma de fogo contra o cunhado dele, também no Bairro Nova Monlevade.

Os dois homens detidos e o menor apreendido, foram levados para a Delegacia, juntamente com as drogas e materiais apreendidos.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui