PM apreende grande quantidade de drogas em João Monlevade

Drogas foram apreendidas em operação policial

EXCLUSIVO

A semana começou agitada em João Monlevade com uma grande operação da Polícia Militar que culminou com a apreensão de muita droga. A ação ocorreu no bairro Petrópolis e quatro adultos e um adolescente de 17 anos foram detidos. A PM recolheu de um ponto de tráfico maconha, crack, balança e vários aparelhos celulares.

Por volta das 11h30, uma equipe policial patrulhava o bairro quando avistaram um homem de 20 anos e um adolescente de 17 anos em atitudes suspeitas. A eles, foi dada ordem de parada e os dois se posicionaram para serem submetidos a vistoria. Nesse momento, o menor de idade tentou fugir e acabou perseguido e detido por militares.

O rapaz de 20 anos estava com uma mochila e dentro dela foi encontrada duas barras de maconha, uma embalagem de crack e outra com cocaína. O suspeito é da cidade de Cuparaque (Vale do Rio Doce) e disse que ele e o menor infrator teriam comprado a droga de um terceiro homem que mora no bairro Petrópolis.

Os policiais foram até a casa do suposto fornecedor dos entorpecentes e encontraram o homem, de 23 anos, sentado em frente a um lote vago ao lado de sua residência. Ao avistar a viatura, o suspeito levantou-se rapidamente deixando para traz uma embalagem de plástico branca com crack.

O suspeito foi abordado tentando entrar em casa. Ele autorizou a entrada da PM no lugar e, dentro do imóvel, os policiais uma mochila contendo uma balança digital usualmente utilizada para pesagem de drogas,um aparelho celular, uma barra de material semelhante a cocaína e também material semelhante a crack. O homem e a esposa dele, de 26 anos, foram presos em flagrante.

Segundo o suspeito, a droga encontrada em sua casa é de uma outra pessoa – que foi identificada pela polícia – e que recentemente foi presa.

A mãe do menor infrator acompanhou a ação policial e também acabou detida por ter sido denunciada, anteriormente, por tráfico de drogas. A mulher, que tem 34 anos, segundo informações contidas no Boletim de Ocorrências, deixou transparecer que tem conhecimento da atividade ilícita de seu filho de 17 anos e que apoia as ações criminosas dele.

Atualizada às 8h do dia 18 de setembro para acréscimo de informações. 

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui