PM apreende seis armas de fogo e munições em Bela Vista de Minas

Seis armas de fogo e várias munições foram apreendidas após denúncias anônimas em Bela Vista de Minas

Uma operação montada por policias militares de Bela Vista de Minas e João Monlevade, a Polícia Militar apreendeu seis armas de fogo e diversas munições, além de espoletas para montagem de mais munições. A ocorrência foi registrada por volta das 17h desta quarta-feira (22).

Após levantamentos realizados pela equipe de inteligência da cidade de Bela Vista de Minas, os militares receberam informações dando conta de que haveria um suspeito portando arma de fogo em via pública naquela cidade.

De posse dessas informações foi montada uma operação para cercar o endereço que fica na Rua Vargem Alegre, no Bairro Bandeirantes, onde os policiais localizaram dois homens que se encontravam naquele local.

Ao ser procedida busca pessoal foi encontrado com o autor de 30 anos de idade, um revólver calibre 38 carregado com seis cartuchos intactos, enquanto que com o outro elemento de 28 anos foi encontrada uma chave de um automóvel VW/Polo. Dentro do veículo foi localizado outro revólver calibre 38 sem munições.

Durante buscas na residência de primeiro suspeito os militares localizaram outro revólver de calibre 32, carregado com cinco cartuchos intactos.

Ainda durante as buscas, um vizinho de 27 anos, segundo a polícia, mostrou-se bastante nervoso. Diante da situação e da suspeita, os militares mediante autorização do morador, entraram na residência e encontraram uma mochila contendo outras três armas de fogo também sem munições, além de dez cartuchos de calibre 38 dentro de uma touca. Ele informou aos policiais que teria guardado os materiais mediante ameaça.

Os três homens receberam voz de prisão em flagrante e foram levados para a Delegacia de Polícia Civil, em João Monlevade juntamente com as armas e munições apreendidas. O veículo foi removido ao pátio do Detran.

O tenente Davi ressaltou sobre a importância das denúncias feitas através dos telefones, 190 da Polícia Militar e 181 do Disque Denúncia Unificado (DDU). “Essas apreensões foram mais uma prova de que a população de bem podem utilizar essas telefones para ajudar o trabalho da Polícia Militar. A pessoa não precisam se identificar. Quando a denúncia chega vamos apurar e na maioria das vezes acabam dando bons resultados como os de hoje”, ressaltou o oficial.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui