Em uma ação rápida e bem planejada da Polícia Militar de João Monlevade, durante uma ocorrência na Rua Alonso Batista Leite, no Bairro Nova Esperança, onde bandidos armados mantiveram uma família refém durante uma troca de tiros entre criminosos por volta das 23h desse sábado (4) acabou com as vítimas libertadas e os bandidos presos em flagrante.

Segundo a Polícia Militar, foi informada de uma intensa troca de tiros entre traficantes e, que, ao se sentirem acuados, três deles teriam invadido uma residência e mantiveram os moradores da casa reféns.

Os policiais chegaram rapidamente ao local e, ao perceberem a gravidade da ocorrência, cercaram a casa e deram início ao processo de negociação, de forma a evitar danos à integridade das vítimas. Apesar do esforço policial, os criminosos mantinham-se resistentes, contudo, em dado momento, atenderam ao pedido e liberaram uma das vítimas, que já em local seguro, informou que no interior da casa havia três autores armados com armas de fogo, mantendo duas crianças e dois adolescentes sob ameaças.

Durante o cerco policial, um dos autores foi visto empunhando um revólver calibre .38, uma arma de fogo, revólver calibre .38, apontando a arma em direção à equipe policial, exigindo que eles recuassem. Nesse momento surgiu mais um dos autores apontando outra arma de fogo.

Em uma ação rápida, os militares arrombaram a porta da sala, determinando a rendição dos marginais, que ainda tentaram evadir pelos fundos, só não conseguindo devido ao cerco policial. Eles foram imobilizados e detidos.

Ainda de acordo com a polícia os autores ainda tentaram esconder as armas utilizadas na ação, mas elas foram encontradas e apreendidas, além de munições e drogas.

Com eles foram encontradas 96 pedras de crack, 31 buchas de maconha, seis cartuchos calibre 380, cinco cartuchos calibre 38, uma pedra maior de crack, duas armas de fogo – 01 revolver calibre 38 e uma pistola calibre 380, além de R$28,50 em dinheiro.

Segundo a polícia, um homem foi preso e dois menores, de 16 e 17 anos, apreendidos.

Todos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil, juntamente com as armas e materiais apreendidos.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui