PM prende homem que se passava por advogado e pastor

Um homem de 25 anos foi preso em Ipatinga, no final da manhã desta segunda-feira (4), pela  Polícia Militar, pelo crime de estelionato. O suspeito se passava por advogado e pastor evangélico para enganar as vítimas.

A polícia chegou até o homem depois que recebeu uma denúncia de que o suspeito estaria aplicando golpes na região. O suposto advogado passou a ser monitorado e foi abordado quando saiu de um carro de aluguel.

Com o suspeito a PM encontrou um talão de cheques e uma folha preenchida no valor de R$ 4.200,00. A dona do documento disse que o autor era pastor da igreja que ela frequenta. Para pegar o talão o homem disse que  era advogado e que iria verificar junto ao banco o motivo pelo qual os cheques estavam com a data de abertura da conta errada.

Para a polícia, a vítima disse também que não era dela a assinatura na folha preenchida. Na residência do autor foram localizados cartões de crédito no nome de terceiros, cópias de documentos e uma máquina de cartão de crédito. Também foram apreendidos relógio, anéis e aliança.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui