PM prende suspeitos de furtar e matar gado para comercializar carne em açougue de João Monlevade

Carne apreendida seria vendida em açougue de João Monlevade. Foto: Divulgação/PMMG

Militares de São Gonçalo do Rio Abaixo prenderam na tarde de ontem (13), dois homens suspeitos de estarem matando e furtando a carne de gados na zona rural da cidade.

Durante uma operação nas localidades rurais dos Penas, Ponte Coronel, Pacas e Fernandes, os policiais realizavam abordagens a veículos e pessoas suspeitas, quando em determinado momento receberam informações que dois indivíduos estariam furtando gado no povoado Fernandes.

Os policiais foram para o local e depararam com os dois homens, de 22 e 36 anos, com partes de uma novilha dentro do porta-malas de um Celta com placas de João Monlevade, e outra parte do animal abatido no meio do mato.

Segundo a polícia os dois suspeitos são proprietários de um açougue em João Monlevade onde a carne seria comercializada. Além da carne foram apreendidas facas e um machado.

Os dois receberam voz de prisão em flagrante e foram levados para a Delegacia da Polícia Civil, em Itabira. O veículo foi apreendido e removido para o Pátio do Detran.

Publicidade

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta para Nova Era: 350 quilos de carne sem nota são descartados | O Popular Cancelar resposta

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui