A Polícia Civil, em João Monlevade, abriu um inquérito para apurar a ocorrência envolvendo uma policial militar e um civil, que acabou vindo a óbito decorrente de um disparo de arma de fogo efetuado pela militar no dia 15 de fevereiro.

Segundo nota enviada à imprensa pela Polícia Civil, em acordo com o Ministério Público, foi instaurado um inquérito para apurar os fatos, uma vez que a versão pela Polícia Militar e familiares da vítima envolvida na ocorrência, é contraditória.

A Polícia Civil informou que realizará todas as diligências, perícias e depoimentos necessários para esclarecimento do caso.

As investigações serão conduzidas pela delegada titular da delegacia de homicídios, Monique Morais Bicalho.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui