Polícia Civil e Militar deflagram operação contra furto de gado no interior de Minas

Na manhã desta quarta-feira (2), as Polícias Civil e Militar deflagraram a operação Laço Forte, com o objetivo de cumprir mandados de prisão e busca e apreensão, no Leste do estado. Ao todo, seis pessoas foram presas.

Durante as investigações, que duraram sete meses, foi identificada uma organização criminosa atuante em Guanhães e outros municípios vizinhos, que estaria cometendo diversos crimes, em especial, furto de gado, comércio ilegal de armas de fogo e receptação.

Em razão disso, nove suspeitos foram identificados e monitorados pela Polícia Civil, que representou pelos mandados de prisão e de busca e apreensão contra eles. As ordens judiciais foram cumpridas nos municípios de Peçanha, Sabinópolis, Guanhães, São João Evangelista, Santa Maria do Suaçuí, Virginópolis, Rio Vermelho e Minas Novas, sendo presas seis pessoas. Três suspeitos permanecem foragidos da Justiça.

De acordo com o delegado Rodrigo Nalon, foram incansáveis sete meses de investigação e muito trabalho de todos os policiais civis e militares envolvidos até chegar a essa fase operacional. “Fico extremamente satisfeito com essa resposta à população e orgulhoso em trabalhar ao lado de policiais civis e militares que se dedicaram

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui