A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu o inquérito instaurado para apurar uma tentativa de homicídio, ocorrida na cidade de Ponte Nova, na Zona da Mata.  O investigado, sobrinho da vítima, foi indiciado por homicídio tentado, qualificado pelo motivo fútil e por usar de recurso que dificultou a defesa da vítima. O crime ocorreu em 2016.

De acordo com a investigação, o homem teria esfaqueado o tio após uma discussão familiar. No dia do crime, o suspeito estava na casa da mãe, quando teria ouvido o tio falar mal dele. O investigado entrou então na cozinha e pegou uma faca. A vítima, que conversava com a mãe do suspeito na cozinha, viu quando o sobrinho entrou e pegar o objeto.

Em depoimento, o homem admitiu que desferiu três golpes nas costas do tio, sendo contido por outro familiar para não continuar com a agressão.

Para o delegado Gilzan Lessa, o dolo de matar ficou evidenciado por, pelo menos, duas razões. “A primeira, o local visado pelo investigado para aplicar as facadas, isso é, as costas, que dão acesso a órgãos fundamentais para a manutenção da vida. E, segundo, pelo desejo de desferir mais golpes contra o tio, o que só não ocorreu porque o suspeito foi contido por familiar”, ressaltou.

O inquérito foi concluído e será enviado à Justiça.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui