A Polícia Civil de Minas Gerais, por meio da Delegacia Regional de Itabira, realizou, na manhã desta segunda-feira (22), a reconstituição de um homicídio ocorrido no dia 28 de fevereiro deste ano, no Bairro Gabiroba.

Na ocasião, uma mulher de 42 anos foi executada com um disparo de arma de fogo na cabeça.

Anúncios
Continue lendo após o anúncio

No corpo do Inquérito Policial, foi apurado o envolvimento no crime de quatro homens e um adolescente.

Os autores e o adolescente teriam levado a vítima para um local ermo, no final do bairro, e a executaram, pois a mesma devia determinada quantia em dinheiro a um dos executores, suspeito de ter envolvimento com o tráfico de drogas na região. Ela teria adquirido entorpecentes anteriormente e não efetuado o pagamento.

Todos os envolvidos foram indiciados por homicídio qualificado, podendo ser condenados a uma pena de reclusão de doze a trinta anos.

Segundo a Polícia Civil, reconstituição foi realizada visando subsidiar os trabalhos que são desenvolvidos durante o processo judicial, esclarecendo-se quesitos do Ministério Público e dos advogados de defesa.

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui