Polícia Civil terá acesso a sistemas usados pelo Judiciário

De acordo com os representantes da Polícia Civil, a consulta aos dados de sistemas do Judiciário facilitará as ações da corporação (Mirna de Moura/TJMG)

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) poderá consultar dados do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) relacionados a medidas protetivas. O anúncio foi feito na tarde desta quinta (10/10), pelo presidente do Tribunal, desembargador Nelson Missias de Morais.

O desembargador Nelson Missias recebeu o chefe da PCMG, delegado-geral Wagner Pinto de Souza, a superintendente de investigação e polícia judiciária, Ana Cláudia Oliveira Perry, e a delegada Carla Cristina Oliveira Santos Vidal para discutir a possibilidade de dar acesso a sistemas utilizados pelo Judiciário.

Segundo o desembargador Nelson Missias, a solução de interoperabilidade facultará mais agilidade e eficiência à corporação em casos envolvendo violência doméstica e crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de crimes, um público que merece a atenção do poder público e precisa ter seus direitos preservados e garantidos.

A desembargadora Valéria Rodrigues Queiroz, superintendente da Coordenadoria da Infância e da Juventude (Coinj), e o juiz auxiliar da Presidência, Jair Francisco dos Santos, também participaram da reunião. Os magistrados defenderam, igualmente, a atuação conjunta e integrada das instituições.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui