Dois homens de 20 e 27 anos de idade foram presos pela Polícia Militar de João Monlevade, com dois veículos roubados.

A primeira abordagem ocorreu das 22h desse sábado (18), quando a equipe do Pelotão de Recobrimento Tático Móvel realizava patrulhamento pelo bairro Teresópolis. Os militares depararam com o veículo GM/Meriva estacionado em local ermo. No momento que a viatura se aproximava, o condutor de 20 anos foi visto saindo apressadamente do carro, deixando-o aberto e com os faróis ligados.

O suspeito foi abordado e durante consulta ao sistema de informações da PM, foi constado que o Meriva havia sido tomado de assalto no dia 05 de agosto do ano passado em Belo Horizonte. O Veículo estava identificado com outra placa, pertencente a outro do mesmo modelo.

Questionado sobre a origem do veículo, o autor inicialmente disse que realizava serviços de lanternagem e que o automóvel pertencia a um cliente que o deixou há cinco dias para realizar pintura e polimento. Depois disse que estava adquirindo o veículo pelo valor de R$3.000,00 do outro detido de 27 anos e pediu para retirar o parelho de som do carro, que era dele.

De posse do endereço do homem que teria vendido o veículo, os militares foram até a casa dele e quando chegavam ao local, viram o suspeito próximo de um veículo Fiat/Siena. O homem correu e entrou rapidamente em uma casa, deixando o veículo aberto.

O autor de 27 anos foi localizado e disse que o Siena era dele e durante consulta foi constatado que também havia sido roubado na cidade de Capim Branco no último dia 04. As placas do veículo também estavam trocadas por as de outro de mesma marca e modelo.

Questionado como havia adquirido o automóvel Siena, contou que teria comprado de um homem próximo da rodoviária de Belo Horizonte e pagou R$4.000,00, e que vendeu o Meriva para o autor de 20 anos pelo mesmo valor. Segundo ele a negociação dos dois veículos foi realizada da mesma pessoa na capital mineira.

Os dois autores foram presos em flagrante e os veículos apreendidos e removidos ao Pátio do Detran.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui