Polícia Militar liberta homem que era mantido acorrentado em cativeiro no Bairro Metalúrgico

Um homem de 41 anos de idade foi libertado de um cativeiro por volta das 15h desta quinta-feira ( 1º), pela equipe do Pelotão Tático Móvel, da Polícia Militar de João Monlevade, depois de ter sido acorrentado por um homem e um menor de 16 anos, em uma casa abandonada na Rua São João Del Rey, no Bairro Metalúrgico em João Monlevade.

Segundo a Polícia Militar, a viatura policial acompanhava uma comissão do Conselho Tutelar, que estava à procura de um menor que estaria vivendo sozinho em uma casa abandonada.

Anúncios
Hilton Gomes foi preso no meio da rua. com ele foram encontradas as chaves dos cadeados
Hilton Gomes foi preso no meio da rua. com ele foram encontradas as chaves dos cadeados
Continue lendo após o anúncio

No local os militares constataram que a casa estaria de fato sendo usada como moradia, pois havia colchões em um quarto e as Conselheiras Tutelares reconheceram as roupas como sendo de do menor que era procurado.

Enquanto os policiais vasculhavam a casa, eles ouviram barulho de correntes vindos da cozinha, momento que eles depararam com a vítima acorrentada pelo braço, e dois cadeados na grade da porta da cozinha. A vítima estava deitada em um colchão e sem água ou comida perto. Ele disse para os policias que estava com fome e que havia sido amarrado no local por Hilton Gomes Fonseca, 22, que morava na casa ao lado, com apoio do menor de 16 anos.

Ainda segundo relatos da vítima para a polícia, ele havia sido amarrado no local nesta quarta-feira (31), e que Hilton ameaçava de cortar partes do seu corpo e que iria mantê-lo acorrentado até a data do pagamento, uma vez que a vítima é aposentada, pois queria receber uma divida de drogas no valor de R$ 500,00.

Durante rastreamento pelo bairro os policiais receberam informações que o autor estaria na casa de uma tia dele. Ele acabou sendo localizado no mesmo bairro e durante busca pessoal, foram encontradas no bolso da bermuda dele, as chaves dos cadeados que mantinham a vítima presa. Depois de encontrar as chaves e receber voz de prisão, tentou fugir mas acabou sendo dominado pela equipe policial. Ele sofreu algumas escoriações, nos joelhos e no queixo, e foi encaminhado ao Hospital Margarida.

A vítima também foi conduzida para a unidade de saúde e após ser medicada, foi liberada.

De acordo com a polícia, Hilton confirmou que acorrentou a vítima devido a uma dívida de drogas.

O menor que teria participado do crime, não foi localizado pela polícia.

O autor foi levado para a Delegacia de Polícia Civil, juntamente com a corrente e os cadeados utilizados no cárcere privado.

Anúncios
Publicidade

5 COMENTÁRIOS

  1. Nos últimos tempos a polícia tem ajudado pra livrar a cidade de ladrões e dezorderos. Temos que valorizar porque a cidade precisa muito deles. Infelizmente só sabemos criticar e nunca elogeamos.

  2. Nos últimos tempos a gente vê a polícia agir mais. MuitO ladrão preso mas daqui a pouco estao na rua de novo. Temos que valorizar a polícia e elogear porque só sabemos criticar. Parabéns para a polícia militar de João Monlevade.

  3. De qualquer forma, temos se ter a Polícia como parceira. Quero uma cidade mais tranquila de se viver e sempre que chamo a Polícia sou bem atendida. Exceto uma vez que um sargento foi muito mal educado e preguiçoso. Esse sargento não gosta de trabalhar, mas é um caso isolado,

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui