A arma que teria sido usada no crime foi apreendida com o suspeito

A Polícia Militar de João Monlevade prendeu na noite deste domingo (23) D.C.S, de 29 anos, morador do Bairro Loanda suspeito de roubo seguido de tentativa de homicídio contra o mototaxista E. V. S, 33 anos ocorrido na manhã de ontem , no Bairro de Lages, em Bela Vista de Minas.

O crime teria sido premeditado friamente pelo autor, segundo a polícia, que teria solicitado uma corrida para atrair a vítima até o local onde seria executada.

A vítima teria recebido um chamado para uma viajem do Velório Municipal de João Monlevade para o bairro Lages. Chegando ao local o autor,  que estava solto a cerca de seis meses depois de cumprir pena por homicídio, sacou de uma arma de fogo e sem dizer nada efetuou um disparo de arma de fogo por trás atingindo o pescoço da vítima, que caiu. Na sequência roubou a motocicleta da vítima, uma Honda Tornado 250, para auxiliar na fuga da cena do crime.

Uma força tarefa, coordenada pelo capitão Felipe Gaigher subcomandante da 17a Companhia de Polícia Militar Independente, com quatro viaturas e oito militares do Serviço de Inteligência da unidade foi montada para prender o autor. Após inúmeras diligências o autor foi localizado na casa dele no Bairro Loanda. Segundo a polícia ele confessou o crime e alegou que a motivação seria pelo fato de estar se sentir ameaçado pela vítima uma vez que teriam participado juntos do crime de tráfico de drogas.

Com o autor a polícia apreendeu um revólver calibre 38, sete cartuchos intactos do mesmo calibre, três celulares e as roupas que ele usava no momento do crime.A moto Honda que foi roubada da vítima, foi localizada em meio a um matagal no bairro Santa Crus, em João Monlevade.

Após o atentado o atentado a vítima foi socorrida por terceiros até o Hospital Margarida, sendo encaminhado logo depois para um hospital em Belo Horizonte devido o estado grave onde se encontra, correndo risco de morte.

Ele foi levado para a Delegacia de Polícia Civil onde foi autuado em flagrante e depois levado ao Presídio de João Monlevade, onde permanecerá à disposição da Justiça.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui