Major André Pedrosa, Coronel Edvânio Carneiro e major Jayme Alves, durante passagem de comando em João Monlevade

Foi realizada na manhã desta quinta-feira (9), a solenidade de passagem de comando, da 17a Companhia de Polícia Militar Independente, em João Monlevade. O evento foi realizado no anfiteatro do Centro Educacional e além da presença do coronel Edvânio Rosa Carneiro, comandante da 12a RPM (Região de Polícia Militar), estavam membros do Ministério Público e do Poder Judiciário de João Monlevade e Ipatinga, além de prefeitos, presidentes de Câmaras, vereadores, membros do Conselho de Segurança Pública, Sevor, empresários e diversas autoridades do município e também da região.

O major Jayme Alves da Silva, transferido para Belo Horizonte, passou o comando da unidade ao major André Pedrosa do Rosário.

Jayme Alves recebeu foi homenageado com a insígnia da unidade, entregue pelo coronel Edvânio e a esposa do major, Shirley Cristina. Em seu discurso de despedida, o oficial agradeceu à todos que colaboraram com a Polícia Militar durante o tempo em que esteve à frente da Companhia.

Já o major André Pedrosa também prestou homenagem à sua mãe com um buquê de flores. Ele discursou dizendo que pretende atuar com rigor no combate à violência na cidade e para isso vai precisar do apoio da tropa, do Ministério Público e Poder Judiciário, e principalmente da sociedade.

PASSAGEM DE COMANDO MAJOR ANDRE 040

Comandante da 12a RPM fala sobre a mudança na unidade

Em entrevista o coronel Edvânio Carneiro disse que a mudança de comando é algo comum na Polícia Militar. “A Polícia Militar todo início de ano ela faz um rearranjo em termos de comando com avaliação dentro daquilo que é necessidade, porque no final de ano sempre temos promoções dentro da instituição e é um momento também onde o comando geral define o local onde estas pessoas promovidas vão trabalhar e também em função de algumas necessidades. O major Jayme fez um bom trabalho em João Monlevade, é um momento que ele está indo para Belo Horizonte e vem chegando aqui o major André Pedrosa, estava no GAEGO em Ipatinga. Um oficial de excelente qualidade, uma capacidade de trabalho muito grande. O que tenho a dizer pra comunidade de João Monlevade e da região, é que esta unidade está recebendo um oficial muito qualificado. A gente espera que haja um ganho muito positivo no sentido de que trabalhos bons sejam realizados. Ele trabalhou diretamente comigo nos últimos dois anos, no GAEGO, lá na 12a RPM e já vinha acompanhando o trabalho dele, muito bem feito. Temos uma expectativa que juntos, possamos conseguir reduzir os índices criminais de João Monlevade e melhorar a sensação de segurança do cidadão de bem e prender os infratores, aqueles que não demonstram que não tem condições de permanecer em liberdade”, pontuou Edvânio Carneiro.

Sobre a vinda de novos policiais para a Companhia, o Coronel disse que estão sendo formados até o dia 28 de abril, 252 novos soldados na 12a RPM. “Eu tenho várias cidades sob meu comando e esta destinação será feita por mim enquanto comandante. João Monlevade vai ser atendida, bem como as cidades próximas. Eu não posse te precisar números neste momento, mas nós vamos atender, independentemente de mudar ou não a nomenclatura de Companhia para Batalhão. Trabalhei aqui em 2010 e guardo um carinho muito grande por João Monlevade. Vivi momentos muito bons da minha vida profissional e na minha vida pessoal também. E a população pode ter certeza que terei sempre uma atenção muito grande com a cidade, enviando policiais, viaturas para atender a comunidade que merece e precisa uma atenção por parte da Polícia Militar”, concluiu o comandante da 12a RPM.

Sobre o major André Pedrosa.

PASSAGEM DE COMANDO MAJOR ANDRE 030

Com 37 anos de idade, André Pedrosa é filho de Onofre Pereira do Rosário e Flordeliz Pedrosa do Rosário.

Ele ingressou na Polícia Militar de Minas Gerais no ano de 1998 através do Curso de Formação de Oficiais (CFO), na Academia em Belo Horizonte.

É bacharel em Direito pela Faculdade de Direito de Ipatinga (FADIPA) e realizou diversos cursos como de instrutores e multiplicadores das doutrinas de Direitos Humanos e Direito Internacional Humanitário, aplicáveis à atividade policial; curso de atualização em patrulhamento Rotam; curso de professores de defesa pessoal policial; curso de capacitação didática; curso básico de gestão da atividade de inteligência; curso de enfrentamento aos crimes cibernéticos; curso de pós-graduação “lato sensu”, especialização em segurança pública pela escola de governo professor Paulo Neves de Carvalho (Fundação João Pinheiro; curso mídias sociais na atividade de inteligência de segurança pública; curso de enfrentamento a cartéis pelo centro de estudos e aperfeiçoamento funcional do ministério público de Minas Gerais.

Unidades sob seu comando

Comandou o Pelotão Tático Móvel do 14º batalhão da PMMG, em Ipatinga. Foi coordenador do Curso Técnico de Segurança Pública do 14º Batalhão.

DE 2009 A 2011 comandou o 4º Pelotão/152ª Cia/14º BPM, responsável pelas cidades de Ipaba, Iapu e Bugre.

Chefiou a Agência de Área de Inteligência do 14º Batalhão entre os anos de 2011 a 2014 e depois assumiu, até o início deste ano, a chefia de operações do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), que atua na região de Ipatinga, no vale do Aço.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui