Polícia prende suspeito de matar tatuador em Barão de Cocais

Após oito meses de investigações, a Polícia Civil de Barão de Cocais conseguiu prender neste final de semana, um homem  que não teve a identidade revelada, sob suspeitas de matar em dezembro do ano passado, o tatuador Carlos Henrique da Silva A vítima era conhecida como Catatau e tinha 48 anos.

Catatau foi morto dentro do estúdio dele, com pelo menos 13 golpes de faca. O suposto autor preso teria confessado o crime e disse que matou o tatuador porque era ameaçado de morte por ele.

Em janeiro deste ano, a Polícia Civil divulgou imagens do criminoso que foram obtidas através de câmeras de segurança, pedindo à população informações sobre o paradeiro do até então suspeito.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui