Polícia investiga sumiço de taxista em João Monlevade

EXCLUSIVO

A Polícia de João Monlevade vai investigar o sumiço do taxista Sebastião dos Santos. Ele teria feito uma corrida na noite de ontem (24) e foi assaltado na região de Ravena. O carro dele, um Grand Siena branco, de placas QNK-1323 foi roubado.

O taxista conseguiu retornar para João Monlevade de carona em um ônibus e desembarcou no Posto Cinco Estrelas. Sebastião teve escoriações na perna e o carro ainda não foi encontrado.

A filha do taxista procurou a polícia depois de ser informada que o pai não havia chegado em casa após o trabalho. Ela e familiares também tentaram contato telefônico com o taxista sem sucesso. As frações policiais de João Monlevade e cidades vizinhas foram empenhadas no caso.

Um outro taxista contou aos policiais que na noite de ontem dois rapazes, um aparentando ter 16 anos e outro 14 estiveram no terminal rodoviário solicitando uma corrida a ele. O taxista desconfiou da história da dupla e decidiu não atender aos adolescentes. Há hipótese de que eles teriam procurado por Sebastião, que realizou a corrida.

Agora, a polícia vai ouvir Sebastião para saber se as mesmas pessoas que solicitaram a corrida para Belo Horizonte são as que cometeram o crime e se os fatos têm ligação com os adolescentes. Imagens de câmeras de segurança serão usadas na investigação.
Essa é a segunda vez que Sebastião é vítima da ação de criminosos. No ano de 2005 ele foi sequestrado por bandidos que o obrigaram a ingerir bebida alcoólica depois foi deixado seminu na região conhecida como Ponte Coronel.

Atualizada às 11h40

 

 

 

Publicidade

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui