Policiais Militares, Civis e Bombeiros sinalizam greve no Estado

Deputado Sargento Rodrigues disse a o movimento de greve pode acontecer no estado

Policiais Militares, Civis e do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais podem decidir por paralisação e protestos contra o escalonamento e o atraso de salários. O assunto foi debatido ontem (19), na Assembleia Legislativa durante uma audiência pública marcada pelo deputado Sargento Rodrigues (PDT).

“Pelo menos é o que a gente sente é que o pessoal começa a dar sinais de fazer uma greve branca. Na verdade estão poupando a população, mas se continuar com o parcelamento dos salários, sem notícia do 13º e a não revisão como data base primeiro de outubro, com certeza terá paralisação no estado”, disse Rodrigues.

Também esteve presente na audiência, o Deputado Federal Subtenente Gonzaga (PDT).

Marco Antônio Bahia, presidente da ASPRA (Associação dos Praças) expôs as reivindicações da categoria. “Na verdade a nossa mobilização é o retorno do pagamento dos nossos salários no 5º dia útil e também o pagamento do 13º. Nós não descartamos nenhuma possibilidade de paralisação, mesmo porque os policiais estão indignados com esta situação, o Governo não acena com nada e por isso, a possibilidade de paralisação é imediata.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui