Pré-projeto da nova UBS Carneirinhos é apresentado à comunidade

A UBS terá duas entradas, ambas de frente para a praça João Bosco Vieira Pascoal

O prefeito de João Monlevade, Dr. Laércio Ribeiro (PT), e o vice-prefeito e secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Fabrício Lopes (Avante), apresentaram o pré-projeto da nova Unidade Básica de Saúde – UBS Carneirinhos. A apresentação foi feita na manhã dessa quarta-feira (19), nas dependências da antiga Policlínica.

Já no início da apresentação, Dr. Laércio explicou que, embora a proposta esteja no início, um compromisso assumido por ele e o vice é de ser transparente com a população. “Nosso objetivo é informar o que vai ser feito, quais os nossos planos, mas também ouvir vocês e ter a participação da comunidade nessa obra”, ressaltou.

Fabrício Lopes enfatizou que o projeto depende ainda de uma série de fatores, e que há um longo caminho a percorrer. “Este é o primeiro passo. O pré-projeto precisa ser aprovado pela Gerência Regional de Saúde. Depois virá um processo licitatório, e só então a obra deve começar. Mas desde já queremos ser transparentes e envolver a comunidade”, afirmou.

Pré-projeto

Os detalhes sobre a construção foram abordados pelo secretário de Obras, Eduardo Bastos. Ele argumentou que no início do governo, o prefeito solicitou um estudo para a reforma do prédio atual. Após avaliação, ficou constatado que devido às limitações do local não valeria a pena reformá-lo e sim construir um novo, para atender as normas de acessibilidade e as demandas da Saúde.

Eduardo Bastos informou que a expectativa da administração é terminar o processo burocrático ainda este ano, com a aprovação do projeto na Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, publicação do edital de licitação e demolição do prédio.

O secretário alegou que, se a etapa burocrática for concluída conforme o planejado, a construção deve começar no início de 2023 e durar 16 meses. O prédio novo terá dois andares com 1.500 metros quadrados de área construída, sendo 750 metros quadrados em cada andar.

A UBS terá duas entradas, ambas de frente para a praça João Bosco Vieira Pascoal: uma para os serviços no primeiro andar e a outra exclusiva para o atendimento no segundo andar. O prédio terá rampa e elevador para facilitar o acesso aos cadeirantes.

Atendimento

A secretária municipal de Saúde, Raquel Drumond, salientou que o primeiro andar vai abrigar quatro equipes de Estratégia em Saúde da Família (ESF). Atualmente, a UBS Carneirinhos possui duas equipes de ESF. Além disso, a Prefeitura planeja credenciar quatro equipes de saúde bucal que ficarão vinculadas às de ESF.

“A única equipe de ESF com atendimento odontológico funciona na UBS Laranjeiras. Porém, o Ministério da Saúde preconiza que cada equipe de ESF deve ter uma equipe de saúde bucal vinculada. Vamos fazer isso em todas as unidades, incluindo as equipes da UBS que será construída”, explicou.

Outros serviços que serão disponibilizados são as salas de vacina, de curativo, de medicação, sala de procedimentos, consultórios ginecológicos, consultórios pediátricos, sala para atividades em grupo.

No segundo andar, a Prefeitura planeja construir um Centro de Especialidades Odontológicas (CEO). Nos dias atuais, o serviço funciona em um imóvel alugado.

Mudança

A partir de 6 de junho, a população dos bairros Rosário, Mangabeiras e Vale do Sol serão atendidas na rua Armando Batista, nº 246, bairro Rosário (em frente ao antigo Campo do Flamengo).

Por enquanto, os moradores dos bairros José Elói, São Geraldo, São João, Castelo, São Benedito e São Jorge continuarão sendo atendidos na UBS. Em breve o atendimento a esses bairros será transferido para a rua do Andrade, nº 645, bairro José Elói.

Participaram da apresentação o chefe de Gabinete, Geraldo Giovani Silva; o assessor de Governo, Gentil Bicalho; o procurador geral do município, Hugo Lázaro Martins; a controladora interna da Prefeitura, Angélica Drumond; a secretária adjunta de Saúde, Simone Borba; o presidente da Câmara Municipal, Gustavo Maciel (Podemos); os vereadores Belmar Diniz (PT), Thiago Titó (PDT), Doró da Saúde (PSD), Geraldo Tonhão (Cidadania), Leles Pontes (Republicanos); além de diversos conselheiros de Saúde e do vigário episcopal da Diocese de Itabira/Coronel Fabriciano, padre Marco José de Almeida.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui