Vereadores de João Monlevade discutiram sobre a transferência da Policlínica para o PA

A possível transferência da Policlínica, que fica no centro de João Monlevade, para o antigo prédio do Pronto Atendimento (PA), no bairro Belmonte, é mera especulação. A afirmação é do Assessor de Comunicação da Prefeitura, Will Jhony Nogueira.

A transferência vem sendo ventilada nos bastidores e tomou corpo nos últimos dias em rede social, passando a ser um dos assuntos mais comentados em João Monlevade.

O “muda não muda” da Policlínica para o PA foi também assunto dos vereadores da cidade nesta quinta-feira (7), em reunião ordinária da Câmara. A base governista da prefeita Simone Moreira (PSDB) criticou a transferência sem comunicação.

O tucano Guilherme Nasser pediu que a Comissão de Saúde do Legislativo buscasse informações sobre o caso. Segundo ele, a Câmara precisa tomar uma iniciativa, pois o povo está inseguro. “Estou correndo atrás de informações e ninguém sabe de nada. Precisamos saber o que está acontecendo”, falou o vereador que ponderou ser imprescindível a reforma da unidade de saúde.

Djalma Bastos (PSD) também se manifestou e pontuou que a transferência da Policlínica para o PA irá trazer prejuízos à população devido a distância entre os prédios públicos. O líder da prefeita, Sinval Dias (PSDB) não se manifestou sobre o assunto.

A Policlínica passa por reformas e é o maior posto médico de João Monlevade. O local atende a moradores da região central e de pelo menos outros oito bairros adjacentes, além de contar com equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF).

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui