Prefeitura de Itabira dá início à elaboração do Plano de Cargos e Salários do Município

Empresa selecionada para colaborar na montagem do plano participou de reunião na Prefeitura nesta quinta-feira (19)

Na tarde desta quinta-feira (19), uma das principais demandas do servidor público municipal começou a se tornar realidade: A Modernização do Plano de Cargos e Salários, uma reivindicação antiga dos trabalhadores, que agora sairá do papel. A Prefeitura assinou contrato com o Instituto Brasileiro de Gestão e Pesquisa (IBGP) para desenvolvimento do documento que vai balizar a nova estruturação do serviço público em Itabira.

“Hoje, sem sombra de dúvidas, é um dia marcante para todo servidor, pois estamos dando início aos trabalhos do Plano de Cargos e Salários, um compromisso da gestão atual que busca respeitar, ouvir e valorizar cada servidor. Uma ação concreta onde revisaremos toda essa estrutura”, comentou o secretário municipal de Administração, Gabriel Quintão.

Para o prefeito Marco Antônio Lage, a valorização do servidor público está diretamente atrelada à melhoria no serviço prestado à comunidade. Ele defende que servidores preparados e motivados prestam um atendimento mais rápido e eficaz. “Para Itabira avançar e ter uma gestão pública moderna, é necessário que comecemos com o trabalho de dentro para fora. As equipes precisam estar motivadas e é um compromisso nosso promover um ambiente de trabalho satisfatório, porque isso reflete diretamente no serviço que é prestado à população”, diz o prefeito.

Anúncios

O Plano de Cargos e Salários será formatado seguindo um cronograma, com participação direta dos servidores públicos. “Serão formadas comissões e comitês. Servidores das mais diversas áreas serão ouvidos. É um trabalho que será construído a várias mãos.”, finaliza o secretário Gabriel Quintão.

Participaram da reunião: Carlina Rodrigues, diretora de Desenvolvimento de Recursos Humanos, Marina Costa, superintendente de Recursos Humanos, Selma Cruz, coordenadora de Gestão de Pessoas, Anna Sophia Candiotto, diretora de projetos do IBGP e Flávio Capdeville de Meira, consultor do IBGP.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui