A Prefeitura de João Monlevade realizou na tarde da última terça-feira (2) uma reunião com representantes das instituições de ensino superior instaladas em João Monlevade e região. O objetivo foi estreitar a relação entre a Prefeitura e essas instituições a fim de promover uma cooperação mútua entre o poder público e as universidades.

Um dos assuntos tratados na reunião foi a formação de um núcleo de extensão universitária para desenvolvimento tecnológico, social e sustentável da cidade de João Monlevade.

A reunião foi aberta pelo prefeito de João Monlevade, Dr. Laércio Ribeiro (PT), que explicou aos participantes que a atual administração pretende aproveitar o conhecimento produzido pelas universidades, com o intuito de beneficiar tanto o município quanto às instituições de ensino superior, “o nosso intuito é fazer uma parceria duradoura que vá além do meu mandato” afirmou.

O vice-prefeito, Fabrício Lopes (Avante) mencionou o papel das universidades na produção de conhecimento científico, algo que pode ser de grande valia para a população. “Queremos abrir esse canal de diálogo, para que toda a coletividade seja beneficiada” declarou.

Instituições enaltecem diálogo

Diretora da unidade da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg) em João Monlevade, Júnia Soares Alexandrino, vê com otimismo o diálogo da Prefeitura com a Uemg. “A universidade crescendo, a cidade também cresce”, destacou.

O diretor do Instituto de Ciências Exatas e Aplicadas (Icea) da Ufop em João Monlevade, Thiago Augusto de Oliveira Silva, afirmou que as universidades têm muito a contribuir para o município. Estudos feitos pela universidade apontam que juntos, alunos, professores e técnicos administrativos da Uemg e Ufop injetam R$25 milhões na economia local.

O professor da Universidade Federal de Itajubá (Unifei), unidade de Itabira, Gláucio Marcelino Marques explicou que mesmo sem um campus em João Monlevade, a instituição enxerga de forma positiva a abertura dada pela atual administração, para o diálogo.

Encaminhamentos

A Prefeitura pediu que os diretores apresentassem as demandas de cada instituição, e disse estar aberta a projetos universitários que beneficiem à cidade. Por fim, foram tirados alguns encaminhamentos, como a criação de um Grupo de Trabalho, formado pelas instituições; a análise dos rituais e possíveis arranjos jurídicos; a apresentação de um seminário conjunto para exposição das potencialidades das universidades e as principais prioridades e demandas da Prefeitura que podem ser supridas pelo setor.

Também participaram da reunião, representando as universidades a vice-diretora da unidade da Uemg em Monlevade, Nilza Maria de Carvalho; a vice-diretora do Icea da Ufop, Lucineia Souza Maia; o professor da Ufop, Edgar Gregory Torres Saravia e a diretora da Doctum, unidade de João Monlevade, Yolanda Carlos Lima Coelho.

Ainda representaram a Prefeitura o chefe de Gabinete, Geraldo Giovane; o assessor de Comunicação, Geraldo Magela “Dindão” Gonçalves; e os assessores de diretoria, Antônio José Albuquerque Neto Mancuzo e Thiago Henrique dos Santos.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui