Prefeituras de Alvinópolis e Nova Era são multada por crime ambiental

A prefeitura de Alvinópolis foi multada pela Polícia Militar de Meio Ambiente em R$ 333.232,54, por crime ambiental. Os policiais constataram num sítio, que fica no Distrito de Fonseca, a extração de cascalho com degradação ao meio ambiente. No local, crateras com profundidades variadas, segundo a PM, se formaram. A retirada do material do local não possui autorização dos órgãos competentes. As atividades foram suspensas.

Já a Prefeitura de Nova Era foi multada em R$ 16.616,27 por uso irregular de área para depósito de resíduos da construção civil. Os militares do meio ambiente estiveram na localidade de Pedra Furada, após receberem denúncia e constataram que no local, conhecido como “lixão”, estava sendo usado como aterro de construção civil. O lugar, segundo a PM, já foi alvo de diversas fiscalizações e autuações.

O responsável pelo setor de Meio Ambiente da Prefeitura de Nova Era alegou que pleiteou o licenciamento de uma área para tal atividade, porém a administração do município não manifestou interesse, continuando inerte quanto à transformação do local em questão em aterro de resíduos. Ele também afirmou aos policiais que parte dos materiais descartados no local é depositado por terceiros, pois a área não encontra-se cercada e nem com vigilância disponível.

Diante do exposto, foi lavrado o auto de infração em desfavor do município, por funcionar atividade potencialmente poluidora sem autorização ambiental de funcionamento, tendo em vista que a Prefeitura é a detentora e responsável pela área. Ocorrência registrada à autoridade de Polícia Judiciária.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui