Presidente da Câmara de João Monlevade devolve R$ 1 milhão de sobras orçamentárias

O presidente da Câmara de João Monlevade, vereador Leles Pontes (Republicanos), anunciou nesta quarta-feira (3) que devolverá para a Prefeitura a quantia de R$ 1 milhão. O montante é relativo a sobras orçamentárias do Legislativo.

Com o aumento dos casos de Covid-19 na cidade e consequentemente com reflexos nos atendimentos do Hospital Margarida, o presidente Leles sugeriu que a prefeita Simone Moreira (PTB) reverta o dinheiro para o hospital. “A gente não ode direcionar dinheiro, mas amanhã [hoje] estarei em nome da Câmara Municipal  devolvendo R$ 1 milhão. Se eu fosse o prefeito direcionava esse dinheiro para o Hospital Margarida. É uma economia da Câmara, trabalho sério. Todas as contas estão pagas. Sabemos que a crise voltou de novo [aumentos casos do coronavírus] e pode falar mal ou bem, mas é o nosso Hospital Margarida que atende a toda região. Então é lá que tem que ter o dinheiro”, pontuou Leles.

Pouco antes do anúncio do presidente da Câmara, por meio de rede social, a Prefeitura de João Monlevade havia anunciado que nesse mês de dezembro o repasse ao Hospital passaria de R$ 1 milhão para R$ 2 milhões. A justificativa seria a necessidade de garantir atendimentos aos pacientes com sintomas ou diagnosticados com a Covid-19.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui