Djalma Bastos mostrou-se solidário à situação dos presentes e destacou que uma saída poderia ser a ampliação da Supram para Monlevade, com sede no prédio onde hoje funciona o IEF

O presidente da Câmara de João Monlevade, Djalma Bastos (PSD) representou o município durante um encontro regional, na última semana. A pauta da reunião foi o lento trabalho da Superintendência Regional de Meio Ambiente (Supram) Leste, o que vem prejudicando os trabalhos dos municípios na área ambiental.

A reunião ocorreu na Câmara Municipal de Barão de Cocais, e contou com representantes das cidades de Barão, Alvinópolis, Bom Jesus do Amparo, Catas Altas, Mariana e São Gonçalo do Rio Abaixo. Além de vereadores, participaram secretários de Meio Ambiente, servidores do Instituto Estadual de Florestas (IEF), da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), além de especialistas na área.

Conforme relato dos presentes, a Supram Leste, que atende a maior parte dos municípios da região, não consegue absorver a demanda de serviços. Desta forma, há lentidão na liberação de licenças e consequente impacto financeiro nas cidades. Como exemplo foi citado Barão de Cocais, município em que a Vale paralisou as atividades da Mina Gongo Soco e aguarda, há mais de um ano, a Licença Operacional para a Expansão Oeste/Cava Divisa.  Outras cidades vêm enfrentando ainda problemas relacionados à liberação de licença para aterros sanitários.

Instalação da Supram em João Monlevade

Djalma Bastos mostrou-se solidário à situação dos presentes e destacou que uma saída poderia ser a ampliação da Supram para Monlevade, com sede no prédio onde hoje funciona o IEF. “Aproveitamos a infraestrutura já existente, inclusive com veículo e quatro servidores. Este ‘braço’ da Supram já existe, mas é preciso funcionar efetivamente. Desta forma atenderia às cidades da Bacia do Piracicaba, desafogando os serviços da Supram Leste”, disse. A sugestão de Djalma foi aceita pelos presentes.  O próximo passo do grupo é agendar uma audiência com o secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Jairo José Isaac, além de diretores das superintendências.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui