Presídio de São Domingos do Prata tem 21% dos presos trabalhando

Segundo o diretor da unidade, Márcio Pedro, 21% dos presos trabalham no projeto de ressocilaização

Sob a responsabilidade da Secretaria de Estado de Administração Prisional (SEAP) desde 20 de março deste ano, a direção do Presídio de São Domingos do Prata vem adotando medidas importantes para adequar-se à filosofia ressocializadora.

Segundo o diretor geral da unidade, Márcio Pedro Alves, algumas medidas estão sendo adotadas para proporcionar aos apenados várias atividades. Dentre elas costura e lavagem de roupas, desenvolvidas pelos presos. Para o diretor, além de combater a ociosidade a medida proporciona boas condições de higiene na unidade.

Na perspectiva de ressocialização pelo trabalho, Márcio Pedro, desenvolve no Presídio atividade de produção de hortaliças. “Com esta atividade conseguimos bem mais que ressocialização. Os produtos cultivados estão servindo ao bem social, pois realizamos a doação das hortaliças ao asilo da cidade, que vê em nossa atitude a oportunidade de manter um balanceamento saudável na alimentação daqueles que não podem deixar de lado os cuidados com a saúde”, disse o diretor.

Além dessas atividades, os presos estão sendo usados em melhorar a estrutura física da unidade com mão de obra na construção civil.

Ainda segundo o diretor, 21% dos presos do Presídio de São Domingos do Prata estão em atividade de trabalho.

Em breve, ainda segundo Márcio Pedro, estará colocando em prática a fabricação de tijolos que serão utilizados para construção de oficinas na unidade, com isso, ampliando o número de presos trabalhando.

Julho 2017

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here