A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou até o final deste domingo (23), terceiro dia da Operação Carnaval 2020, 43 motoristas dirigindo sob influência de álcool nas rodovias federais do Ceará. O número ultrapassa o registrado durante o último final de semana, quando 40 condutores haviam sido autuados pelo mesmo motivo, e é ainda mais alarmante se comparado ao mesmo período da Operação no ano de 2019: nos três primeiros dias de Carnaval do ano passado, 20 condutores haviam sido flagrados misturando álcool e direção.

Este ano a PRF reforçou o efetivo que iria às ruas durante o feriadão e os resultados acendem um alerta sobre a consciência dos condutores a respeito do consumo de álcool ao volante. Até ontem, os policiais rodoviários federais haviam realizado 2.625 testes de alcoolemia, 59% a mais que em 2019, no entanto o reflexo nas autuações e detenções não seguiu o mesmo aumento: As autuações subiram 115% e as detenções quadruplicaram. Quatro condutores já foram detidos por embriaguez ao volante, três a mais que no ano passado. O crime de embriaguez ao volante se configura quando o teste do bafômetro dá resultado igual ou superior a 0,34 mg de álcool por litro de ar nos pulmões.

Outras condutas

Além das autuações por alcoolemia, a PRF também registrou um aumento de 18% nas autuações por ultrapassagens indevidas, sendo 203 durante os três primeiros dias de Carnaval em 2020. Já são, também, 104 (+89%) autuações por falta do uso do cinto de segurança e 103 (+35%) por ausência do uso do capacete. As equipes da PRF fiscalizaram 82% a mais (7.980) de veículos em relação ao mesmo período de 2019.

Agentes da PRF fiscalizam veículos no Carnaval

O aumento da fiscalização e da presença policial nas rodovias refletiu em uma redução de 22% no número de acidentes até o momento durante os festejos de Carnaval. Foram registrados 18 acidentes, nos quais 23 pessoas ficaram feridas e uma pessoa morreu. Apesar do acréscimo de uma morte, menos pessoas ficaram gravemente feridas (duas em 2020, em comparação com as oito de 2019).

Alerta

Os aspectos positivos trazidos pelos resultados até então não escondem o fato da necessidade da conscientização do condutor para que todos tenham uma comemoração segura. A PRF deixa o alerta para motoristas e motociclistas de que a mistura de álcool e direção pode ser fatal e que o respeito à sinalização e legislação de trânsito é fundamental.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui