Ao todo 410 alunos concluíram o curso, com a participação de sete escolas

Em solenidade realizada na noite desta sexta-feira (17), no anfiteatro da Escola Centro Educacional de João Monlevade, a Polícia Militar da cidade formou 410 alunos do primeiro semestre desse ano, atendidos pelo Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD.

Autoridades municipais foram convidadas, porém nenhuma delas compareceu ao evento, que contou com cerca de 500 pessoas, entre alunos e pais de alunos das escolas participantes: Municipal Germim Loureiro, Escola Estadual Manuel Loureiro, Escola Municipal Cônego José Higino de Freitas, Escola Estadual João XXIII Escola Estadual Antônio Papini, Escola Estadual Louis Ensch e Escola Centro Educacional Roberto Porto.

O PROERD é também um programa social, que para se solidificar e ampliar seus meios de atuação torna-se essencial a parceria com as entidades do município.

O tenente Geovani Martins de Mello, chefe do Núcleo de Prevenção Ativa (NPA) e coordenar PROERD da 17a Companhia de Polícia Militar Independente, falou da importância do projeto. “Esse trabalho é desenvolvido desde 2014 com o objetivo de afastar as crianças e adolescentes do mundo das drogas, tendo sido assistidas praticamente todas as escolas estaduais e municipais, estendendo-se às escolas particulares. Já chegamos a mais de 10 mil alunos formados pelo PROERD. É de extrema importância a participação e colaboração também dos pais dos alunos”, pontuou o oficial.

Geovani Mello ainda ressaltou o trabalho desenvolvido pela soldado Márcia Montemor de Andrade, instrutora do programa na cidade. “Temos que enaltecer o trabalho da policial Márcia e de todos os educadores das escolas que, com muita dedicação e dinamismo, conduziram este programa com êxito e consagração”, finalizou.

Todas as escolas e alunos receberam certificados de participação do curso desse ano.

Como forma de estimular as crianças, durante o curdo foi criado um concurso de redação e os alunos vencedores foram premiados com medalhas. A aluna Gabriela Cavalcanti Santos, da Escola Estadual João XIII; Artur Porfírio Teixeira, da Escola Estadual Antônio Papini; e Glória Silva da Cunha, da Escola Municipal Germim Loureiro, foram os vencedores e receberam as medalhas do tenente Aloísio de Paula Gonzaga.

Ao final da solenidade, que durou cerca de 50 minutos, a soldado Márcia Montemor convidou os alunos a proferirem o juramento e, juntos, cantaram a música tema do PROERD contra as drogas.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui