Projeto conscientiza servidores públicos de Itabira a respeito da corrupção

Disseminar informações sobre os males da corrupção e conscientizar a população da importância de não praticar nem tolerar atos ilícitos. Esse é o objetivo do projeto social “Corrupção: uma pedra no meio do caminho”, promovido pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Itabira, em parceria com o município de Itabira e o Observatório Social Brasil Itabira.

A iniciativa consiste na realização de palestras em torno do tema da corrupção, dirigidas a servidores da Administração Pública de Itabira, alunos de instituições de ensino, representantes do segmento empresarial, comunidade local e servidores do MPMG, do Judiciário e da Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção Itabira.

Segundo o promotor de Justiça de Itabira Renato Ferreira, ao fim da conversa os ouvintes são capazes de definir corrupção, identificar partes envolvidas nos atos ilícitos, desenvolver autoanálise acerca de seu importante papel preventivo, considerar a necessidade de mudança comportamental, identificar os efeitos nocivos da corrupção e os mecanismos jurídicos acerca do tema. Os modos de denúncia também são expostos aos participantes, encurtando o elo entre os cidadãos e o Ministério Público.

O projeto prevê que as palestras sejam realizadas de julho a dezembro de 2018, sendo que, ao final de cada uma delas, o público preencherá questionários acerca do tema. Os resultados serão reunidos em relatório estatístico, a fim de fundamentar a elaboração, junto aos parceiros do projeto, de 10 sugestões de medidas contra a corrupção em Itabira, que serão enviadas ao Executivo e ao Legislativo municipais.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui