Abeviti vai receber R$30 mil para retomar Lavadeiras da Prainha

O projeto “Lavadeiras da Prainha – (Re)Conhecendo as Origens”, desenvolvido pela Associação Bem Viver da Terceira Idade (Abeviti) de São Gonçalo do Rio Abaixo, foi um dos 12 selecionados pelo Edital Reconhecer, da Fundação Vale, que receberão aporte financeiro para sua execução.

O município concorreu com mais 28 cidades de Minas Gerais e Espírito Santo. Ao todo, foram 146 projetos inscritos, sendo 64 com foco na Geração de Trabalho e Renda, 47 na Educação (onde o projeto de São Gonçalo se encaixa) e 35 com o tema Saúde.

Para a presidente da Abeviti, Joelce Pereira da Silva, ter sido selecionada pela Comissão Avaliadora da Fundação Vale é muito importante e gratificante. “Com o recurso recebido, a entidade terá a oportunidade de retornar o trabalho com o grupo folclórico “Lavadeiras da Prainha”, resgatando os antigos causos e fortalecendo a cultura popular do município”, ressalta Joelce.

O projeto são-gonçalense propõe, por meio das reminiscências dos idosos que compõem o grupo, a realização de oficinas artísticas e temáticas que estimulem o potencial criador dos integrantes, aumentando sua autoestima, trabalhando a oralidade, a sensibilidade da arte da dança, do teatro e da música. A proposta prevê também a criação de um grupo de lavadeiras mirins, fortalecendo a integração entre gerações, tendo como produto final a apresentação de espetáculos.

O Edital Reconhecer 2017 é uma iniciativa da Fundação Vale que tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento dos territórios e fortalecer o capital humano e social nas comunidades nas quais a Vale está presente.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui