Câmara de João Monlevade conclui projetos Parlamento Jovem, câmaras Mirim e da Melhor Idade com entrega de certificados

A Câmara Municipal de João Monlevade promove esta semana a entrega de certificados aos participantes, escolas e instituições que integraram os projetos Câmara Mirim, Parlamento Jovem e Câmara da Melhor Idade este ano. A cerimônia de entrega, que ocorre nesta quinta-feira, 30, às 14h, no Plenário do Legislativo, marca o encerramento dos três projetos.O evento é aberto à população.

O Legislativo monlevadense participou pela quarta vez consecutiva do Parlamento Jovem Minas. O projeto, desenvolvido junto à Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), tem como público alvo os estudantes do ensino médio. Este ano, o tema trabalhado foi “Educação Política nas Escolas”. Na etapa estadual, três propostas de políticas públicas dos estudantes monlevadenses foram aprovadas. Este projeto foi coordenado pelas servidoras Cíntia Araújo e Evanir Merces Gonçalves.

Com relação ao Câmara Mirim, o projeto foi desenvolvido pela sétima vez. Este ano, 12 estudantes do ensino fundamental elaboraram propostas de melhorias para a cidade, sendo estas propostas entregues ao vice-prefeito, Fabrício Lopes (PMDB), em visita à Prefeitura. O mesmo aconteceu com o Câmara da Melhor Idade, quando os 12 integrantes do projeto reuniram-se com o vice-prefeito. Foi a terceira edição desta iniciativa. Para a elaboração das propostas, os participantes reuniram-se na Câmara, a fim de discutir as melhorias necessárias, respeitando-se a legislação vigente. Importante destacar que a coordenação destes dois projetos ficou à cargo das servidoras Rosemeire Magalhães e Mércia Pires, com apoio dos também servidores Maria Tereza Bicalho e Maicow Sandro Ferreira. Os vereadores Fábio da Prohetel (PP) e Vanderlei Miranda (PR) foram nomeados para acompanhar os trabalhos do Câmara Mirim. Já Gentil Bicalho (PT) acompanhou os trabalhos do Câmara da Melhor Idade.

Segundo o presidente da Câmara, Djalma Bastos (PSD), é objetivo do Legislativo monlevadense permanecer com os três projetos no próximo ano. “Ações de educação para a cidadania reforçam os laços com a população e, principalmente, fomentam o cidadão sobre seus direitos e deveres. Agradeço aos vereadores e servidores envolvidos, que fazem de nossa Câmara referência regional”, destacou Djalma.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui